Home

Eurodeputado Paulo Rangel in Conferência sobre Governação Europeia: o papel do Parlamento Europeu

O eurodeputado Paulo Rangel iniciou a Conferência identificando qual a característica, o elemento que une os europeus: o conceito cristão. A partir daí, reflecte sobre qual o grande problema da europa, para isso, leva-nos a repensar nas questões das Guerras Mundiais. O grande problema dos europeus é que eles estão sempre em guerra. A Europa foi palco das duas Grandes Guerras, que foram extremamente violentas, pois cada Estado quer mais, quer conquistar e usa a sua máquina de guerra para isso. Apesar da Segunda Guerra Mundial não ter sido uma guerra puramente europeia, uma vez que intervinham outros atores como os Estados Unidos e a Rússia, foi no espaço europeu que se desenrolou.

Todos estes acontecimentos passados ainda têm repercussões nos dias de hoje, ainda que inconscientes. “A maioria das pessoas (principalmente dos países periféricos da Europa) dizem que a Angela Merkel é insensível e “não tem coração”, mas ela tem é uma visão diferente da nossa, pela história do país dela, pelo que viveu e pelo seio do contexto em que cresceu.”, remata Paulo Rangel. É filha de pessoas que cresceram num contexto de guerra, na miséria e sob um regime totalitário. Assim, a visão dela pode ser moldada por isso, dando a ideia de que o sacrifício das pessoas das sociedades que vivem em países como Portugal ou Grécia não é tão grande como a população dessa época viveu. Estas cicatrizes do passado ainda estão bem presentes e devemos ter sempre em consideração esse pano de fundo quando analisamos e discutimos a Europa, devemos ter em atenção de que a nossa “tradição” é de nos matarmos uns aos outros, que isso é dominante na nossa cultura e que, devemos a todo o custo evitar que isso se repita. Temos de ter um cinto de segurança e capacetes que nos protejam de nós próprios. Assim, interpelou-nos para uma reflexão importante: “Será que a Europa ainda corre o risco de guerra?”. No passado, não se conseguiu evitar a guerra, mas não é por sermos mais desenvolvidos que é certo que nós consigamos evitar.

Nos dias de hoje, existem problemas graves na Europa para além dos económicos e financeiros. Basta olhar para a Hungria, onde cada vez mais se assiste a uma supressão de liberdade, para a Roménia, onde dada altura se atropelou as regras do estado de direito ou até mesmo para a Bulgária, onde algumas famílias que obrigam as suas filhas a usaram o véu recebem dinheiro da Árabia Saudita.

Face a estes problemas e outros mais, Paulo Rangel considera que a Europa tem de dar passos sérios em matéria de segurança a vários níveis: tem de existir uma força europeia para os incêndios, inundações, terramotos; tem que haver uma força europeia para regular as fronteiras externas, para, de um lado, não alimentar atividades ilícitas, mas também por causa das questões de imigração.

No que diz respeito às instituições da União Europeias, estas têm poderes e cada uma procura ganhar poder umas sobre as outras. O Tratado de Lisboa foi muito importante para o Parlamento Europeu, já que lhe conferiu novos poderes. No entanto, por causa da crise, o Conselho Europeu, com receio que a Comissão e o Parlamento ganhassem poder, fez uma interpretação minimalista deste Tratado.

O Eurodeputado conclui a Conferência fazendo referência a um dos desafios que a União Europeia enfrenta: o aumento dos extremistas, tanto de esquerda como de direita. Mas a direita extremista é mais preocupante, pelo seu crescimento exponencial em diversos países como a Dinamarca, Holanda, Bélgica, França, Áustria, Hungria, Bulgária, Roménia. A Alemanha está cercada por países onde a extrema-direita tem grande relevância, o que é suficiente para fazer estragos. Estas questões não podem ser esquecidas e vão se refletir nas eleições europeias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s